Translate

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Aniversário da Pretinha parte 2

Bem, a Adri e seus pais estavam muito tristes com a morte do
cachorrinho, eles tinham planejado ficar até o Ano Novo.
No dia 24 de dezembro a Adri estava cochilando depois do
almoço quando sua mãe foi acordá-la dizendo que
a menina do vizinho do lado estava brincando
 em frente de casa com uma ninhada de gatinhos,
a Adri levantou e foi lá verificar, e que surpresa!
Ela nos encontrou dentro de uma caixa de sapato,
o sol estava muito quente, porque aqui é verão.
 Então a Adri começou a convencer a menina
a nos entregar pra ela, graças a Deus ela concordou.
 Adri saiu de carro com seu pai pra ver se achava uma
agropecuária que ficasse conosco para adoção,
só que ninguém queria se responsabilizar por nós,
 afinal era véspera de Natal.
Os dois voltaram pra casa decididos a cuidar de nós.

Aqui estamos nós em uma cama improvisada, hoje
a Adri  diz que nós fomos o seu presente de Natal.
No outro dia retornamos para Porto Alegre.
No dia 26 de dezembro a Adri ligou para a veterinária da
Lilica para perguntar como ela deveria cuidar de nós.
Eu acho que eu tinha uns 3 dias porque minhas orelhas 
estavam enroladas e eu não conseguia ver nada, se 
vocês quiserem saber mais sobre a idade dos gatinhos
pode ver aqui Lista dos gatos um dos blogs da nossa
amiga Marilia. A veterinária explicou que precisávamos
de  cuidados especiais, alimentação a cada 2 horas, 
massagem na barriga com algodão molhado em água morna
para nos estimular a fazer cocô e algo para nos aquecer.

Olha a Adri me alimentando com uma seringa
cheia de leite especialmente preparado pra nós,
nesse leite tinha um pó que se dá para bebês recém nascidos
e glicose de milho, toda vez que a Adri  abria a porta do
quarto nós miávamos o mais alto possível HEHE COMIDA!
Aqui estou eu e meu irmão Galileu.
Nós demos muito trabalho, especialmente eu,
porque minhas pernas tinham cascas de feridas e a
massagem na barriga não funcionou mais, então eu
tive que tomar caldo de ameixas para fazer cocô.
A Adri ficou trancada em casa cuidando de nós até 
o carnaval, e ela me disse que foi a melhor férias de sua vida. 
Amanhã eu conto mais ...






  

15 comentários:

  1. Olha, já ouvi muitas histórias bobas dizendo que gatos pretos dão azar! Mas você, Pretinha, deu sorte para uma ninhada inteira... e para uma família de humanos!!!

    Já estou doida pela terceira parte!!!

    Beijinhos e ronrons!!

    ResponderExcluir
  2. Eu não acredito que você era tão pequetitica assim! Realmente foi muita sorte a Adri ter encontrado vocês porque não sobreviveriam sem ela. Esta história está muito emocionante e cheia de amor!
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  3. Adri virou, literalmente, mamãe gata!!

    ResponderExcluir
  4. cela demande beaucoup d'attention lorsque les chatons sont si petits, vous avez été bien soigné. votre vie est une belle histoire.

    ResponderExcluir
  5. Apesar de sabermos que as estrelas dos blogs são vocês, gatos, fiquei feliz de ver uma foto da Adri. A gente se fala e muitas vezes fica imaginando como é a pessoa.
    Nossa, Pretinha! Você era uma microgatinha! Eu não vejo a hora de ler a terceira parte...
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que história hein Pretinha!!...Graças a Deus a Adri encontrou vocês e, que presentão de Natal!!!!!

    Bjs, Néia

    ResponderExcluir
  7. You are very, very lucky to have been taken in by such loving people! Look how tiny you were. It is a miracle that you survived.

    ResponderExcluir
  8. Você tem sido bem cuidada, não é fácil.

    ResponderExcluir
  9. que pequenininhos!
    Tô adorando a história!

    ResponderExcluir
  10. Such beautiful and treasure photos!!!!!

    ResponderExcluir
  11. What a wonderful story! What a good Mommy Adri was to you. I am looking forward to reading more! You were a beautiful baby XOXOXO

    ResponderExcluir
  12. Ah, que delícia ver essa mamãe cuidando com amor de você e dos irmãozinhos, Pretinha.

    Eu também cuidei do Sebastian e dos irmãozinhos.

    Tenho saudades!!

    beijinhos,

    Lígia e turminha
    `*•..¸☆♥ `*•..¸☆♥ `*•..¸☆♥ `*•..¸

    ResponderExcluir
  13. Pretinha que fofurice que voce era ( na verdade ainda é) e deve ter sido uma delicia sua mãe cuidar de você.
    Adorei saber um pouco mais da sua história e ver fotos de momentos cheios de amor.
    beijos

    ResponderExcluir